quinta-feira, outubro 09, 2014

Nigéria ameaça África do Sul

O governo da Nigéria acusa a África do Sul de inviabilizar um acordo sobre a aquisição de armas no pais e ameaçou retaliar contra firmas sul-africanas, incluindo a companhia de telefonia móvel MTN, caso o problema não for resolvido.Um funcionário do Conselho Nacional de Segurança da Nigéria (NSA) revelou esta Quarta-feira que o seu governo chegou a um acordo com uma firma sul-africana não mencionada para a aquisição de material bélico, avaliado em 5,7 milhões de dólares norte-americanos.O funcionário, que pediu anonimato, disse que Pretoria decidiu congelar o dinheiro.Uma fonte sul-africana disse que não podia comentar sobre o assunto, que poderá afectar as relações bilaterais.O mesmo funcionário, sempre no anonimato, afirmou que o Presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, falou com o seu homólogo sul-africano, Jacob Zuma, para informar do problema.Funcionários das alfândegas sul-africanas confiscaram, nas últimas três semanas, 9,3 milhões de dólares EUA, na posse de dois nigerianos e um israelita. As autoridades sul-africanas acreditam haver indícios de que esse dinheiro visava adquirir armas na Africa do Sul, a serem usadas em operações militares contra o grupo islamita nigeriano, Boko Haram, que controla doze centros urbanos e povoações no nordeste da Nigéria.

0 comentários: