quinta-feira, outubro 09, 2014

Cabo-Verde? Medo? Não.

Assim reagiu o seleccionador nacional, João Chissano, na conferência de imprensa, fazendo antevisão do jogo do próximo sábado (11) no Estádio da Machava diante da similar Cabo-verde.Chissano não vai alterar a sua filosofia do jogo por se tratar de Cabo Verde que é o líder da prova e com um conjunto de jogadores maioritariamente a evoluírem na Europa, até porque «estamos a jogar em casa e aqui mandamos nós. Temos uma forma de estar no campo, nosso modelo de jogo bem definido e a nossa identidade e voltaremos as boas exibições diante a Cabo Verde», vincou João Chissano. Para quem a sua equipa já demonstrou ser capaz de disputar com qualquer selecção africano em qualquer circunstancia.
CAN.jpgOs jogadores do Desportivo de Maputo e do Ferroviário da Beira, Jójo e Mário, respectivamente foram obrigados a abandonarem o estágio da selecção e se juntarem as suas habituais equipas por se encontrarem a contas com lesões. O capitão da selecção nacional de futebol, Dominguez que falava em representação do grupo mostrou-se confiante num bom resultado, apesar de reconhecer o valor do adversário. Para o médio criativo dos Mambas, o factor casa e com apoio do público serão determinantes para vencer o Cabo Verde, até porque os três pontos em disputa são vitais para que continuemos a sonhar pela qualificação. «Sempre que venho a selecção é para dar o meu máximo, puxar pelos meus colegas e fazermos contas positivas no fim do jogo»,salientou Dominguez.

0 comentários: