domingo, outubro 05, 2014

Desapareceram boletins de voto

Indivíduos desconhecidos roubaram 26 caixas contendo boletins de voto que deveriam ser usados na província central da Zambézia, durante as eleições para as assembleias provinciais, agendadas para 15 do mês corrente.Num breve contacto telefónico estabelecido com a AIM, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE), Paulo Cuinica, disse que as referidas caixas foram retiradas do interior de um contentor que seguia num camião alugado para transportar os boletins de voto de Maputo para a Zambézia.As autoridades acreditam que o roubo poderá ter ocorrido entre a noite de quinta-feira e a manhã de sexta-feira no cruzamento de Inchope, na província central de Manica. 
Em conexão com o caso encontram-se detidos na cidade de Chimoio, capital da província central de Manica, o motorista do camião e os dois agentes da Polícia moçambicana (PRM) que tinham a missão de garantir a segurança dos materiais de votação.Segundo Cuinica, o caso está a ser investigado pela PRM, tendo também sido notificado à Procuradoria-Geral da República. As caixas extraviadas 25 continham boletins de voto para o distrito de Pebane e as restantes para Namacurra. Felisberto Naife, director-geral do Secretariado Técnico da Administração Eleitoral (STAE), o braço executivo da Comissão Nacional de Eleições, disse à AIM que já foi ordenada a substituição dos boletins de voto. Os mesmos foram produzidos na vizinha África do Sul, mas ainda existe tempo suficiente para a sua chegada a Zambézia antes da data das eleições. Naife manifestou a sua confiança de que os boletins de voto não poderão ser usados nas eleições de 15 de Outubro, pelo facto de os respectivos números de série também servirem de código de segurança. Assim sendo, qualquer boletim de voto com um número de série errado será automaticamente rejeitado durante a contagem nas assembleias de voto.

0 comentários: