quarta-feira, maio 07, 2014

Nova fábrica têxtil para Chimoio

A cidade de Chimoio, capital da província central de Manica, em Moçambique, vai contar com uma fábrica de confecções de mantas até meados de 2015. O director provincial da Indústria e Comércio, Acácio Foia, diz  que o empreendimento, com uma capacidade instalada de oito mil unidades de mantas por mês, vai empregar cerca 300 trabalhadores. As mantas, feitas com base em lã, serão comercializadas no mercado interno. Para além de mantas, a fábrica irá, igualmente, confeccionar camisas, calças e outros artigos de vestuário. A nova unidade fabril prevê ainda fomentar a criação de ovelhas, cujos pêlos serão usados na confecção de diversos artigos de vestuário.O projecto, a ser implementado a médio e longo prazo, irá envolver os produtores do sector familiar, os quais receberão incentivos financeiros e unidades de carneiros para iniciar a produção de lã, ao nível interno, e sair da dependência do mercado externo.“Enquanto isto não acontece, aquela unidade fabril irá importar a matéria-prima dos países produtores”, escreve o diário JN. Neste momento, decorre o processo da sua construção da nova fábrica. (Na imagem o actual estado daquela que foi ab uma das maiores fábricas de confecções da África Austral, a Textáfrica de Chimoio)

1 comentários:

Anónimo disse...

Apenas uma pequena correcção a legenda da fotografia... Essa imagem não é da Textáfrica mas sim do supermercado que a empresa detinha.