quarta-feira, abril 08, 2015

336 milhões investidos



Resultado de imagem para portugal moçambiqueAo longo de 2014, pelo menos 9834 novos postos de trabalho foram criados pelo investimento directo português no país, em diversos sectores de actividade. Os dados constam no relatório anual do Centro de Promoção de Investimento (CPI), divulgado recentemente.No total, em 2014, Portugal investiu em Moçambique cerca de 336 milhões de dólares americanos, o que equivale a cerca do dobro do investimento feito em 2013.Segundo o relatório do CPI, apesar deste volume de investimento, Portugal desceu da terceira para quarta posição no “ranking” dos principais investidores em Moçambique. Também diminuiu de 168 para 98 o número de projectos aprovados no país durante o ano passado. Depois de 2009, Portugal esteve em evidência em 2014 na criação de novos postos de trabalho em Moçambique.Quanto a sectores, o investimento português ao longo do ano passado teve maior expressão na área de energia, em que atingiu 37,5% do valor global.No sector de serviços representou 26%, a construção e obras públicas representaram 24,9%, e a indústria representou 6,2%. Para além de Maputo, a província de Sofala tem maior concentração dos investimentos portugueses. Quanto a postos de trabalho, o investimento português em 2014 gerou 9834 postos de trabalho (mais de metade no sector das obras públicas e construção), o que faz do investimento português o principal empregador externo no país.Os dados do CPI apontam ainda que, em 2014, Portugal gerou 27 postos de trabalho por cada milhão de dólares investido, o que fica acima da média de 16 dos restantes países. O valor dos projectos de investimento directo estrangeiro aprovado pelo CPI ao longo de 2014 atingiu 2,4 biliões de dólares, o que corresponde a quase o dobro do valor investido em 2013, que foi de 1,3 mil milhões de dólares.Dados do CPI referem ainda que o investimento interno em 2014 subiu, ao passar de 561 milhões de dólares, em 2013, para 2,2 mil milhões. A energia, com apenas cinco projectos aprovados pelo CPI, foi o sector que contribuiu com maior volume de investimento em 2014 (46,1% do valor total), seguido dos serviços (11,5%), dos transportes e comunicações (9,7%) e do turismo e hotelaria (8,5%).Portugal, com 98 projectos, no valor de 336 milhões de dólares, foi o quarto maior investidor estrangeiro em 2014, numa lista liderada pelos Emiratos Árabes Unidos, com 891 milhões de dólares, as Maurícias, com 527 milhões de dólares, e a África do Sul, com 386 milhões de dólares. A China e Portugal figuram normalmente no topo dos maiores investidores em Moçambique. (R. Moiane)

0 comentários: