quinta-feira, março 17, 2016

Trump aprende de Dhlakama

16/03/16
Resultado de imagem para donald trumpO pré-candidato presidencial republicano favorito nas pesquisas, Donald Trump, alertou nesta quarta-feira (16) que vai haver tumultos caso os republicanos vetem sua indicação presidencial após uma sequência de vitórias nas primárias partidárias. O bilionário nova-iorquino venceu na Flórida, no Illinois e na Carolina do Norte na terça-feira, resultados que o deixaram mais perto de obter os 1.237 delegados necessários para ser indicado. Mas a derrota no estado crucial de Ohio deixou a porta aberta para os membros do Partido Republicano que tentam impedir que Trump seja escolhido como candidato da legenda para a eleição de 8 de novembro.Trump pode não alcançar a maioria exigida, permitindo que o establishment republicano apresente um novo nome na convenção em Cleveland em julho para que seus correligionários escolham formalmente seu candidato.Em uma entrevista à CNN nesta quarta-feira, Trump disse que, se obtiver um número grande de delegados e ainda assim lhe negarem a indicação, "não acho que se possa dizer que não vamos obtê-la automaticamente. Acho que teríamos tumultos. Estou representando muitos, muitos milhões de pessoas".
  
Resultado de imagem para dhlakama em satungira30/03/15

Dhlakama afirmou que 15 mil manifestantes travaram uma ditadura no Egito, um Governo, disse, com um exército mais forte que a FADM (Forças Armadas de Defesa de Moçambique) e uma polícia bem alimentada, avisando que as multidões que aderem aos seus comícios seriam capazes de assaltar o país em poucos minutos, não havendo homens e balas para parar a sua fúria." "Imaginem que eu convoco um comício na Beira, com milhares de pessoas, e marchamos para o palácio da governadora [Helena Taipo] para dizer 'vai-te embora'. A polícia pode tentar disparar, os meus guardas também vão responder e, então, voltaríamos à guerra", afirmou Afonso Dhlakama, que se referiu à dirigente provincial de Sofala, nomeada pela Frelimo, como "aquela macua" (originária de Nampula, norte).

0 comentários: