domingo, setembro 27, 2015

Dhlakama em fuga e incomunicavel

Resultado de imagem para dhlakama e chissanoO ataque protagonizado sexta-feira (25] em Amatongas, no distrito de Gondola, na provincia central de Manica, resultou na morte de um civil e 13 guardas do lider da Renamo, Afonso Dhlakama, segundo a Radio Mocambique (RM), a emissora publica nacional.De acordo com fonte, que cita o comando provincial da Policia mocambicana (PRM), os corpos das vitimas foram evacuados para os hospitais de Gondola e cidade de Chimoio, a capital provincial.O civil, um automobilista de um transporte semicolectivo de passageiros, foi baleado pelos homens armados da Renamo, enquanto os 13 guardas da caravana de Dhlakama foram abatidos na sequência dos confrontos que se seguiram com as forças policiais que se fizeram ao local para reestabelecer a segurança e ordem.
Resultado de imagem para dhlakama e guebuzaO comandante provincial da PRM em Manica foi citado pela fonte a dizer que a situação esta controlada na zona e que o tráfego rodoviário foi normalizado.Ainda de acordo com a fonte, oito viaturas abandonadas da coluna do lider da Renamo foram incendiadas pela população local revoltada.
Entretanto, a Renamo, principal partido da oposição em Moçambique, desmente ter perpetrado o ataque.“Não é prática da Renamo atacar civis, conforme todos sabem aquilo é uma mentira”, disse o porta-voz da Renamo, António Muchanga, hoje, em Maputo, durante uma conferência de imprensa.

Resultado de imagem para dhlakama e nyuseMuchanga disse que, a ser verdade que o incidente foi causado pela comitiva da Renamo, a Polícia, tendo um posto de controlo em Inchope, podia “interceptar a Renamo para voltar e se responsabilizar pelo acto”.Ele desmentiu ainda o balanço do ataque, afirmando que no incidente morreram sete elementos da Renamo, três (3) militares e quatro civis.Sobre o actual paradeiro do líder da Renamo, Muchanga apenas afirmou que Dhlakama está em Manica.“O presidente Dhlakama foi atacado em Chimoio, no distrito de Gondola, e está em Manica, está em bom estado de saúde, mas moralmente preocupado com o caminho que os nossos detractores escolheram”, disse Muchanga na conferencia de imprensa. 

0 comentários: