quinta-feira, julho 21, 2016

............... vai preocupando

Nunca um Presidente da República moçambicano andou tão só ou vulnerável ao nível político como o Presidente Nyusi. Comparável a ele está o Presidente Samora Machel, nos seus últimos dias. Não quero com isso insinuar nada grave. Se calhar, quero insinuar algo tão grave e que põe em causa a própria sustentabilidade do Partido Frelimo: trata-se de uma verificável divisão e falta de consenso em torno do actual dirigente do governo e do estado; das suas políticas e da sua visão.Ou o presidente anda só ou ele anda isolado. De uma ou de outra maneira, o resultado é este: o que ele diz, determina ou deseja apenas alguns acatam. No momento mais difícil que o país atravessa, alguns membros do partido que deveriam estar ao seu redor, “foram pescar”; outros se ocupam do “fumo” e ainda outros dedicam-se em lançar maldizeres, fofocas, insinuações divisionistas etc., etc.
Nos últimos meses tenho acompanhado debates em diversos órgãos de informação e a tónica é a mesma, salvo os serviçais de sempre. O Presidente da República, apesar da sua aparente vontade de ver as coisas a andar, não está a conseguir convencer a ninguém. Ditas por outras palavras, ele enfrenta verdadeiros desafios em impor a sua visão. No princípio diziam que era necessário ter a presidência do partido. Teve. Depois falou-se que tinha que reorganizar o partido. Ele fez algumas mudanças cosméticas e não de fundo.Duas reuniões do Comité Central aconteceram e o povo esperava ver finalmente o Presidente a mandar e a comandar. Esperava ver um partido disciplinado e com alguma orientação clara. Mas nada. O Presidente fala na TV ou rádio sobre a Paz e no dia seguinte sua comissão política vai pelas províncias pregar guerra. O governo fala de negociações com a Renamo mas é a sua bancada que clama desesperadamente pela ilegalização da Renamo. O presidente diz que a dívida da EMATUM e outras foram mal feitas e é no parlamento que ouvimos que não; elas serão pagas e em nome da soberania, a dívida foi a melhor coisa que o antigo governo podia fazer. Claros sinais de uma palpável indisciplina partidária ou verificável desobediência ou afronta ao chefe. No mínimo, falta ali alguma coisa chamada solidariedade política.
Resultado de imagem para sozinhoAfinal, qual era o plano quando elegeram Nyusi para candidato à presidência? De lhe fazerem de bobo da corte? De lhe vulgarizarem? E acham que assim ajudam o vosso partido a ganhar as próximas eleições?
Alguma coisa está errada camaradas. Tenho ouvido que a medida que se aproxima o congresso, a opção de evitar o segundo mandato de Nyusi não está posta de lado. E vão-se por ali ventilando nomes, aventando grupos de trabalho. E ainda diz-se que alguns putativos candidatos a candidato não param de “gymar” para estarem em forma na hora. Pois bem, se Nyusi fracassar, o fracasso é vosso todo. Se Nyusi perder o “segundo ticket” considerem-se todos fracassados. E os resultados eleitorais poderão ser piores que os actuais.Perdem-se muitas forças com ataques e fomento a fofoca e acusações infundadas em vez de acrescentar cada inteligência à solução dos problemas do país.Eu não sou da Frelimo nem de qualquer outro partido. Mas como humano, doí-me ver a forma como estão se mordendo e como estão usando as energias para projectar um Nyusi fraco, desorientado e sem noção do que faz. O preço a pagar por esta tendência será partilhado por todos: desde o ambicioso da sombra até aquele inocente que difunde mensagens caluniosas pelo whatsapp e outras redes sociais.
Estão a matar o Presidente. E sem se aperceberem, estão a se matarem a vocês próprios e a cada um, individualmente.Temos os problemas. Se cada um acrescentasse um esforço para a solução chegariam ao próximo congresso e quiçá às próximas eleições fortes. Mas se cada um continuar a ocupar-se em posicionar-se para o deboche, chegarão ainda mais fracos. A única razão que vos escrevo é que a vossa desorganização e gula exacerbadas também estão a prejudicar-me a mim tal como a qualquer cidadão deste Pais. A Paz está atrasar. Os problemas, até os mais pequenos, tardam em conhecer a solução. Isto porque alguém, que conhece a chave para solução, prefere guarda-la para “melhor ocasião”, ou seja, para os seus interesses individuais, deixando o Presidente e o povo ao alvoroço.Não existe nenhuma possibilidade de deixarem cair o Nyusi sem que vocês também caiam. Sabotar Nyusi é a chave para o vosso insucesso colectivo. Já são tão fracos que precisam de eleições cheias de irregularidades para ganhar.

Abraços de Egídio Vaz.

0 comentários: